Conecte-se com a gente

Turismo

Série “Museus do Québec”: Musée des Plaines d’Abraham

O museu é a principal porta de entrada do parque, carinhosamente chamado de Plaines d’Abraham. Saiba mais sobre o museu, preços e como chegar.

Avatar

Publicado

em

Neste nosso segundo artigo da série sobre os Museus do Québec, trazemos para você o Musée des Plaines d’Abraham, ou no seu nome completo, Musée du Parc des Champs-de-Bataille des Plaines d’Abraham.

Em 1759, durante a Guerra dos Sete Anos, ocorreu um conflito que mudaria por completo o curso da história do Canadá e provavelmente da América do Norte: La Bataille des Plaines d’Abraham, ou Battle of Québec, como é conhecida no lado anglófono.

Reminiscências históricas

Liderada pelo General James Wolfe, a invasora armada britânica enfrenta e derrota as tropas francesas conduzidas pelo Marquês de Montcalm. Ambos os comandantes sucumbem na batalha. A cidade de Quebec, capital da Nouvelle France, capitula frente ao Império Britânico. Era o começo do fim.

Um ano mais tarde, em 1760, os franceses perdem o controle da Nouvelle France e em 1763, final da guerra, a França cede muitas de suas possessões coloniais aos ingleses, incluindo o Canadá.

O Museu é a principal porta de entrada do parque urbano Plaines d’Abraham, como é carinhosamente chamado pelos québequenses. Com um valor histórico-cultural inestimável, é comparado por alguns ao Central Park, de Nova York, e ao Hyde Park, em Londres.

Desde 1908, a Commission des Champs de Bataille Nationaux, um organismo do governo canadense, cuida da conservação do Parque e do Museu.

O que você encontrará

Há variadas exposições contando o dia-a-dia da Nouvelle France dos anos 1759, os acontecimentos que precederam à Guerra e como os ingleses sitiaram, bombardearam e finalmente conquistaram a Ville de Québec. Além disso, o Museu conta as seguintes atrações:

  • Uniformes militares dos franceses e dos ingleses;
  • Armamentos, peças de artilharia (ex.: balas e canhões) e instrumentos de punição;
  • Artefatos arqueológicos encontrados nos campos da batalha;
  • Exibição de vídeo de 30 minutos, com efeitos sonoros especiais, narrando a história da batalha através de cartas de 3 personagens: um indígena, um francês e um britânico;
  • Uma boutique com livros e souvenirs.

Funcionamento, preços e como chegar

Diferentemente da maioria dos museus do Québec, o Musée des Plaines d’Abraham não possui venda de ingressos online. Você só poderá adquiri-los na bilheteria do local. O preço varia de acordo com a época do ano. Crianças de 0-4 anos não pagam. De julho à setembro, uma família (2 adultos e 2 crianças) pagará CAD 40.00. No resto do ano, para a mesma configuração, CAD 30.00.

O Museu fica aberto todos os dias das 9 às 17 horas. Para informações atualizadas, visite o site da Comissão dos Campos de Batalha no link abaixo.

Como chegar

Musée des Plaines d’Abraham
835, avenue Wilfrid-Laurier
Québec (QC) G1R 2L3
Canadá
https://www.ccbn-nbc.gc.ca/fr/musee-des-plaines-abraham/renseignements/horaire-tarification/

Dica d’or:

No dia 1˚ de julho, Fête du Canada, o Museu é gratuito para todos.

Referências

William é brasileiro, nascido na cidade de Feliz, no interior do Rio Grande do Sul. Mora em Québec desde 2019 e é um aficcionado por história. Com formação na área de tecnologia e de línguas antigas, é o apresentador do canal Québec em Foco no YouTube e também do Café com História do podcast Conexão Québec.

Anúncio
1 Comentário

1 Comentário

  1. Artigos Relacionados: Qual é a origem do slogan “Je me souviens” de Québec?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.