Conheça o Parlamento do Canadá em Ottawa

Conheça o Parlamento do Canadá em Ottawa

07/09/2021 0 Por William Zimmermann
Compartilhar:

Se você quer visitar a Capital do Canadá, Ottawa, esse artigo é para você. Damos super dicas para economizar na sua viagem, além de uma aulinha sobre a história do Parlamento do Canadá, em Ottawa.

No nosso segundo dia de viagem à região de Outaouais, que abrange cidades das províncias de Québec e Ontário, visitamos a capital do Canadá, Ottawa. Confira abaixo algumas dicas (ou assista ao vídeo acima):

Como chegar

A viagem de Québec para Ottawa é de pouco mais de 4 horas. Se você estiver em Montréal, dependendo da rota, em 2 horas você chegará na capital. Outra opção, um pouco mais longa, é utilizar o trem. Da cidade de Québec até Ottawa leva cerca de 6 horas de viagem. 

Como economizar

Para ficar hospedados em Ottawa, fizemos as reservas de hotel através do site de turismo do governo de Ottawa, o ottawatourism.ca. 

O mais legal é que, fazendo a reserva através desse site, para no mínimo 2 noites, o governo dará cerca de CAD 200.00 em vouchers para dezenas atrações, museus e restaurantes. Economizamos muito através dessa oferta do governo. 

Site do Escritório de Turismo do Governo de Ottawa. Destaque para os vouchers de CAD 200.00.

Restrições (COVID-19 & Reforma)

Infelizmente, por conta da COVID, visitas à parte interna do Parlamento do Canadá estavam canceladas em julho de 2021, quando visitamos Ottawa. Além disso, o Parlamento está em reforma logo na entrada, então acaba-se perdendo parte da beleza do prédio principal. 

Estacionamento

Não existe estacionamento público em frente ao parlamento ou aos arredores. No entanto, há estacionamentos privados e, dependendo do local, você vai gastar cerca de CAD 8.00 para 1 hora de estacionamento ou CAD 25 para o dia todo – há locais mais baratos e mais caros também. Se você planeja visitar outros lugares no centro, como o Canal Rideau, por exemplo, vale a pena deixar o seu carro estacionado em um lugar só e pagar a diária.

Ottawa – Capital do Candá

O Canadá, ao longo de sua história, já teve diversas capitais: Québec, Kingston, Montréal e Toronto. Para você ter uma ideia, por um bom tempo a capital do país ficou alternando entre Québec e Toronto até que a Rainha Victória põe um ponto final e escolhe uma cidadezinha na divisa entre a parte francesa e inglesa, Ottawa, como capital da Província do Canadá, em 1857.

A cidade de Byton, hoje Ottawa

Essa troca-troca de capitais, além de ser uma questão de segurança nacional, tem muito a ver com o que aconteceu algumas décadas antes com as Revoltas Patriotas. O link ao lado o levará para um artigo que escrevemos sobre.

Em 1858, ano seguinte a definição de Ottawa como capital da província do Canadá, começam-se as obras de construção dos edifícios parlamentares e governamentais no que hoje é o Parliament Hill, ou Colina do Parlamento. Mais de 1600 pessoas trabalhariam nesse projeto.

Parlamento do Canadá, no início dos anos 1900.

Em 1 de julho de 1867 o Domínio do Canadá é formado. Na época, o Canadá era constituído por 4 províncias: Québec, Nova Brunswick, Ontário e Nova Escócia. Em novembro do mesmo ano a primeira parte do parlamento, é concluída. Ao passar dos anos, mais partes e blocos vão sendo acrescentados ao complexo do parlamento. Em 1876 as obras foram terminadas.

O Parliament Hill (Colina do Parlamento)

O complexo de edifícios é constituído de três prédios principais: centre block, east block e west block.

Edifício Central do Parlamento (Créditos: Raísa Zimmermann)

No Bloco Central, principal, chamado de Centre Block, ou Édifice du Centre, ficavam as câmaras do Senado e da Casa dos Comuns. No caso do Senado, hoje há um prédio próximo à Colina do Parlamento usado especificamente para o Senado. Também é ali que ficam os escritórios de muitos membros do parlamento e senadores. Há também diversos salões cerimoniais históricos, como o Hall of HonourMemorial Chamber e o Confederation Hall. Nas costas do prédio principal é possível ver a Biblioteca do Parlamento, um lindo edifício em estilo gótico que mais parece uma catedral. 

Ao lado direito da colina, fica o East Block, ou Bloco Leste. Esse edifício contém vários escritórios dos parlamentares e alguns espaços usados antes da confederação Canadense, ou seja, antes que o Canadá fosse o Canadá. 

Bloco Leste

Do lado esquerdo fica o West Block, ou Bloco Oeste. Oficialmente ele é chamado de Edifício Administrativo do Oeste. Assim como o bloco Leste, o bloco acomoda vários escritórios de parlamentares e alguns salões e espaços da época colonial. Além disso, possui uma extensão da Biblioteca do Parlamento. Também, enquanto o edifício central passa por reformas, abriga temporariamente a Casa dos Comuns.

Bloco Oeste

Incêndio e Reconstrução do Parlamento Canadense

Na noite de 3 de fevereiro de 1916, em plena 1˚ Guerra Mundial, enquanto uma sessão ocorria na Casa dos Comuns, um incêndio se inicia no edifício central e se propaga para a Biblioteca do Parlamento.

Incêndio no Parlamento, manhã de 4 de fevereiro de 1916

Felizmente, funcionários conseguiram fechar as grandes portas de ferro que separavam a Biblioteca do restante do prédio, salvando assim seu acervo e estrutura. De fato, a Biblioteca é a única parte do edifício central que continuar original, com apenas algumas reformas e expansões.

Enquanto o parlamento era reconstruído, o Senado e a Casa dos Comuns se reuniam no que hoje é o Museu Canadense da Natureza.

Museu Canadense da Natureza (créditos da foto: William Zimmermann)

Fontes e Referências

http://www.paricilademocratie.com/approfondir/lieux-de-pouvoir/119-la-capitale-itinerante 

https://www.tpsgc-pwgsc.gc.ca/citeparlementaire-parliamentaryprecinct/histoire-history/index-eng.html#a1

https://lop.parl.ca/sites/PublicWebsite/default/en_CA/About/Facts/Fire

Autor

  • William é brasileiro, nascido na cidade de Feliz, no interior do Rio Grande do Sul. Mora em Québec desde 2019 e é um aficcionado por história. Com formação na área de tecnologia e de línguas antigas, é o apresentador do canal Québec em Foco no YouTube e também do bloco Café com História do podcast Café com Érable.

Compartilhar: